clear

Desativar todos os cookies

Audiência

Os serviços de medição de audiência podem gerar estatísticas de visitantes úteis para melhorar o site.

Links de rastreamento

Removido

Autorizado

Afiliação

Removido

Autorizado

done Seu endereço foi salvo
close
error_outline E-mail inválido
close
Experimente gratuitamente
Como construir uma newsletter que converta leitores em clientes

Como construir uma newsletter que converta leitores em clientes

Aplicar uma estratégia de email marketing para o seu negócio tornou-se imprescindível. Dispor de uma newsletter que chegue aos seus assinantes com uma certa periodicidade converteu-se numa potente arma de fidelização, logo não deve elaborar as suas campanhas de qualquer maneira, e sim conscientemente construir newsletters pensando no consumidor, naquilo que ele se interessa e procura.

Aprenda agora os melhores truques para criar newsletters eficazes, newsletters que lhe ajudem a converter e que os seus leitores não cancelem.

4 dicas para construir uma newsletter que converte

Quando elaborar uma campanha de e-mail marketing terá que pensar naquilo que gostaria de ler se fosse você o destinatário. Se você mesmo não abriria a sua própria campanha, não fará falta que a envie, o primeiro que terá de convencer será você.

O assunto: Tópicos que incentivem a abertura da newsletter

O primeiro desafio que encontrará como empresa é fazer com que os destinatários abram o e-mail que acabou de lhe enviar. Agora que conseguiu que a sua campanha chegasse à caixa de entrada, seria uma pena que fossem eliminados em seguida. Nesta matéria o assunto tem um papel essencial. O assunto do email é o que determinará se o usuário o abrirá ou não. Este deve ser claro, conciso e criativo. Não deve mentir, deve ser consequência do conteúdo da newsletter, senão o destinatário não voltará a abrir uma campanha sua.

Há que evitar o uso no assunto de letras maiúsculas símbolos e pontuação extra, além disso as denominadas spamwords (leia mais sobre spamwords nesse artigo). Estas palavras proibidas tais como: grátis, desconto, poupe, ganhe dinheiro… todas aquelas expressões de venda e carentes de originalidade.

Construa newsletters atrativas

Quando o usuário abrir o email, ele deverá saltar à vista no primeiro momento. Devemos criar uma newsletter organizada, com uma tipografia agradável e com os espaços pertinentes. Se o usuário encontrar cores que lhe incomodam e textos extensos não irá preocupar-se em ler. A informação terá de ser facilitada com o uso de títulos grandes que indiquem aquilo que contém o post e possuir imagens que ilustrem bem o conteúdo. As newsletters devem ser uniformes e seguir sempre o mesmo estilo. Escolha uma voz e um tom próprio, cores que lhe identifiquem e um template base; quando a tiver, use-a sempre. É básico criar uma imagem corporativa. E não esqueça de ter um design responsivo para que a campanha se adapte aos dispositivos móveis.

Confira o nosso artigo sobre modelos de newsletter que vão faze os seus competidores ficar para trás.

Conteúdo dirigido ao target

Que os usuários abram o seu email e que gostem do design não servirá de nada se depois o conteúdo não for interessante. É imprescindível que aprimore a qualidade e o rigor. Pesquise por notícias que suscitam curiosidade e escreva-as com cuidado e dedicação. Podemos adicionar conteúdo audiovisual, futuros eventos, noticias de outros meios de comunicação e evidentemente, conteúdo promocional. Os especialistas aconselham que ao todo numa newsletter, 20% seja conteúdo promocional e os 80% restantes sejam conteúdo informativo.

Chamadas para ação e botões compartilhamento

As chamadas para ação ou CTA (call to action) são um elemento fundamental que deve incorporar nas suas campanhas de newsletters se o que quer é realmente converter. São aqueles textos que deve incorporar à mensagem e que direcionam o usuário diretamente para o seu website, facilitando assim a conversão. São as típicas frases: “Veja agora” ou “Leia mais” que está habituado a ver.

Também é primordial que incorpore os botões de redes sociais. Se unir estratégias de compartilhamento, a taxa de eficácia aumenta até 30% podendo incrementar o seu número de seguidores.

Tanto as chamadas de ação como as redes sociais são uma potente ferramenta de gerar tráfego e conseguir futuras conversões.

Estes conselhos o ajudarão a criar e a construir newsletters mas, não se esqueça que o mais importante é que acredite naquilo que faz, é a melhor maneira de vender e transmitir a essência do seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Experimente gratuitamente