9 Motivos Para Começar a Usar E-mail Marketing na Sua Empresa ⋆ Mailify - Blog de email marketing

Blog Mailify: O Email Marketing fácil de usar

Dicas para melhorar suas newsletters, atualidades sobre o nosso produto e tudo sobre e-mail marketing.

9 Motivos Para Começar a Usar E-mail Marketing na Sua Empresa

9 Motivos Para Começar a Usar E-mail Marketing na Sua Empresa

Independente do ramo de um negócio, ter uma presença digital é essencial para se conseguir construir um relacionamento com o cliente e fidelizá-lo. Feito isso, multiplicar o número das suas vendas irá se tornar uma questão de tempo.

Hoje eu vim falar sobre um dos canais de marketing digital mais efetivos que você deve usar para conseguir tudo isso: o e-mail.

Poucos conhecem o potencial desse incrível meio de comunicação que tem mais efetividade até que as próprias redes sociais. Para constatar isso, basta pensar em você mesmo: quantas vezes abre seu e-mail por dia? Já conferiu sua caixa de entrada hoje?

Caso você não seja um usuário de e-mail assíduo ou até mesmo nem possua um, você faz parte de uma minoria. Segundo a Cultura Colaborativa (blog de iniciativa da SocialBase), 52% dos brasileiros passam pelo menos uma hora do dia lendo e-mails. E 58% desses abrem a caixa de entrada assim que recebem uma mensagem.

Dado esse grande volume de adeptos, as empresas enxergaram um potencial de vendas no e-mail. A partir daí nasceu o e-mail marketing.

Veja abaixo os motivos pelos quais você deveria começar a usar o e-mail marketing em sua empresa:

  1. Popularidade

Popularidade é a palavra-chave para quem usa e-mail marketing. Apesar de ser considerado ultrapassado por algumas pessoas, ele é a atividade nº 1 da internet. De acordo com uma pesquisa do Mintel (2015), esse canal é ainda mais popular que as redes sociais e os sites de buscas. Segundo dados McKinsey, empresa americana referência em consultoria empresarial, o e-mail é 40 vezes mais eficiente para adquirir novos clientes do que o Facebook e o Twitter juntos.

  1. Alcance

Devido justamente a essa popularidade, a sua capacidade de alcance é enorme! E comparando com as redes sociais, isso fica ainda mais claro. Para você ter uma ideia, segundo uma pesquisa realizada pela Locowise, no Facebook um post não impulsionado em uma página com mais de 50 mil curtidas pode chegar a 9,62% desse público. Já as páginas que possuem mais de 1 milhão de curtidas têm um alcance de apenas 2,27%.

Um e-mail enviado para uma lista com 100 mil pessoas chega a, em média, 19% dessas pessoas (dados da EMR e Júpiter Research). Com esse comparativo não queremos desmerecer o potencial do Facebook, de maneira alguma, a rede social é uma ótima plataforma, porém, o e-mail costuma ter um alcance maior e consequentemente converte mais.

  1. Posse

E se disséssemos que o e-mail é um dos poucos canais de comunicação que é integralmente seu? Diferente de outros, o e-mail marketing é sua propriedade.

Se você tem uma página no Facebook, na verdade, ela não é sua. É uma página do Facebook. Assim como sua conta de anúncios no Google também não é sua. Nem o seu canal do YouTube. Nessas plataformas você está sujeito à todas as diretrizes e mudanças das empresas detentoras desses canais.

Já ouvi vários casos de empreendedores digitais que tiveram suas contas de anúncios bloqueadas, ou perderam visitantes decorrentes de alterações nos navegadores… faz parte! É o risco que todos corremos ao tentar alcançar nossos clientes. Entretanto, no e-mail marketing esse risco é nulo.

Você tem um controle maior da sua lista de contatos, e mesmo que tenha problemas com ferramentas de e-mail marketing, isto não prejudica sua base de e-mails. Além disso, você dispõe de várias opções de ferramentas de automação como o leadlovers, Mailchimp e o E-goi, por exemplo. Basta analisar a que mais se adequa a sua estratégia e escolher uma.

  1. Relacionamento

Uma outra característica do e-mail marketing é o seu alto poder de relacionamento. O e-mail do seu cliente é algo extremamente pessoal, e ao enviar uma mensagem aos seus contatos de forma personalizada, você estará gerando uma grande conexão com eles.

É por isso que é extremamente importante que você se comunique da forma correta. Há uma infinidade de outras marcas mandando mensagens diariamente para o seu potencial cliente. Por conta disso, ter uma boa estratégia de e-mail marketing é essencial para que você se destaque no meio de tanta concorrência pela atenção da sua lead.

  1. Mensuração

Outra vantagem do e-mail marketing é a mensuração. Ao enviar um e-mail para sua lista usando uma das ferramentas citadas acima (ou até outras), você consegue ter o controle de todas as métricas referentes as suas campanhas.

Além de saber quantas mensagens foram enviadas, você pode ver quantas pessoas abriram, clicaram, se descadastraram, ou te mandaram para o SPAM.

Você consegue saber onde errou e acertou a cada e-mail que envia e otimizar suas estratégias com o tempo. Não é incrível?

  1. Personalização

As possibilidades de conhecer o comportamento do seu público não acabam com as métricas.

Elas são uma porta de entrada para que você personalize sua comunicação.

Por exemplo: ao saber quem clicou ou não em um dado e-mail, você poderá separar sua lista de contatos e enviar mensagens diferentes para cada um.

Para melhorar a experiência, você consegue chamar cada contato pelo nome e utilizar outros campos personalizados. Imagine que você é dono de uma livraria e tem uma lista de contatos com o nome de seus clientes e seus respectivos livros favoritos. A partir disso, você pode enviar mensagens para determinados clientes ofertando livros similares aos que eles costumam comprar.

Esse e-mail pode ser enviado para milhares de clientes, de forma personalizada para cada um, sem que você precise redigir as mensagens uma a uma.

  1. Segmentação

Além de permitir a personalização da sua comunicação, o e-mail marketing também lhe oferece a opção de segmentação. Dessa forma, você envia determinadas mensagens para os contatos que você desejar de acordo com as características

Você pode, por exemplo, enviar mensagens diferentes para pessoas de estados diferentes, com frequência de abertura diferente, entre outras opções.

  1. Custo-benefício

Um dos principais motivos para se usar o e-mail marketing (deixamos o melhor para o final) é o seu custo-benefício.

E não é questão de achismo. Estudos feitos pela Econsultancy e pela Gigaom Research  comprovam que o e-mail marketing é a solução mais efetiva para retenção de clientes e manutenção de relacionamento.

Além disso, o seu custo é baixo. É muito barato para você contratar uma ferramenta para gerenciar seus contatos e realizar seus disparos, havendo inclusive ferramentas gratuitas para isso.

  1. Automação

A maioria das ferramentas de e-mail marketing lhe oferece a opção de criar uma sequência de e-mails com várias mensagens, tanto curtas como mais longas. Além disso, você pode definir quem vai receber cada um desses e-mails de forma automática.

Por exemplo, se você tem uma sequência com três e-mails, pode escolher enviar o segundo apenas para quem abriu o primeiro, e o terceiro apenas para quem abriu o segundo.

É um benefício importante, pois você otimiza seu tempo e ainda poderá criar sequências automatizadas para cada grupo de clientes. O ideal é que elas sejam criadas de acordo com o estágio em que eles estão em relação ao seu negócio, como por exemplo, sequência de boas-vindas para novos clientes, sequências de vendas de acordo com o perfil de compra do contato, etc.

Comece já

Se você ainda não usa e-mail marketing e tem uma lista considerável, pare de perder tempo!

Para começar, sugiro que envie um primeiro e-mail de boas-vindas para seus clientes avisando que a partir de agora, vocês poderão se comunicar por aquele canal.

Caso tenha alguma dúvida, deixe seu comentário. E não esqueça de compartilhar conosco sua experiência com o e-mail marketing.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go Top