done Seu endereço foi salvo
close
error_outline E-mail inválido
close
Experimente gratuitamente
Estratégias de e-mail marketing: as 7 melhores para sua empresa

Estratégias de e-mail marketing: as 7 melhores para sua empresa

Sem dúvida nenhuma o email marketing é uma das formas mais antigas de relacionamento na internet. Por mais que muitas pessoas duvidem, essa ainda é uma das melhores estratégias de marketing digital que existe.

Para se ter uma ideia da quantidade de usuários que utilizam essa ferramenta diariamente, pesquisas feitas em 2016 indicam que 92% dos adultos que usam a internet abrem a caixa de entrada todo os dias.

Outros estudos mostram que a maioria dos usuários preferem receber mensagens promocionais via e-mail do que por redes sociais. Além disso, uma mensagem tem cinco vezes mais chances de ser aberto se for enviado para um endereço pessoal do que para o Facebook, Instagram ou Twitter, por exemplo.

Esses dados mostram como uma boa estratégia de e-mail marketing pode colaborar com o crescimento das empresas. Entretanto, nem todo profissional sabe aplicar corretamente essa técnica. Por isso, hoje vamos falar sobre as 7 melhores técnicas desse canal para sua empresa.

Quer saber quais são? Então confira elas aqui embaixo.

O público-alvo

Conhecer o público-alvo é essencial para qualquer negócio, pois só assim é possível produzir um material relevante para ele. Saber o perfil de quem vai receber a mensagem é fundamental para adequar a linguagem do texto, escolher o melhor conteúdo (vídeo, dicas, notícias, insights, entre outros) e entender o que o cliente espera desse relacionamento.

Muitas vezes é difícil compreender o que a lead espera, mas a próxima dica pode ajudar nessa parte.

Faça testes

Testes são muito importantes para quem utiliza o e-mail como estratégia de marketing digital. O teste pode ser feito com dois objetivos distintos:

1- Descobrir o que o público gosta

2 – Verificar como ficou o e-mail pronto

O primeiro ponto é referente aos gostos do público. Se de uma lista com mil contatos, 600 abrirem um e-mail que fale sobre dicas de negócios e em outro abordando insights, 400 pessoas abrirem, é possível notar que é melhor enviar mais conteúdos com dicas de negócios do que com insights. Isso não quer dizer que o e-mail menos aberto deva ser desconsiderado, mas que há uma preferência por determinado tema.

O segundo ponto é em relação a verificar algum erro no e-mail que já fora escrito. É indicado que o conteúdo seja enviado para um e-mail da própria empresa, pois assim é possível verificar se o título foi escrito errado, se ele não saiu cortado, se o corpo de texto saiu como o planejado, entre outras observações que podem ser feitas.

Para fazer testes, é preciso que a empresa avalie e analise o que está dando certo ou não. E isso só pode ser feito com a próxima dica.

Utilize as métricas

Robert Kaplan, renomado professor da Harvard Business School, uma vez disse “se você não pode medir algo, você não pode melhorar”. Por isso é tão importante utilizar ferramentas que ajudem a medir quantos e-mail foram abertos, quais foram abertos, quantas respostas foram obtidas.

As métricas vão ajudar tanto a reconhecer quem é o público da empresa quanto a identificar as preferências de cada usuário. E à medida que os testes forem feitos, o registro dos resultados vão auxiliar a traçar toda a estratégia de conteúdo. Independente do ramo do seu negócio, se você deseja turbinar as suas vendas, você deve ficar atento às suas métricas.

Provoque curiosidade

O ser humano é curioso por natureza, e isso pode ser aproveitado por quem escreve um e-mail. Ao criar um texto, é fundamental que ele contenha palavras e expressões que prendam a atenção do leitor.

O primeiro local que isso deve ser feito é no título. Um e-mail mal feito pode ser aberto por um título bem feito. E um e-mail bem feito pode não ser aberto por um título mal feito. Então essa parte pode acabar prejudicando todo um trabalho se não for dada a atenção devida. Portanto, provoque curiosidade, dê sentido de urgência, faça a pessoa sentir a necessidade de abrir o e-mail.

Periodicidade

Esse é um fator que pode ser determinante entre manter ou perder um contato da lista de e-mail. Através dos testes é possível perceber a frequência que o leitor gosta de receber conteúdo, e não existe uma regra quanto a isso.

Não é possível dizer “não envie mensagem todo dia”, “o ideal é a cada 7 dias”, “o melhor é uma vez a cada 15 dias”. Cada empresa possui um público, e analisando as preferências, qualquer periodicidade pode ser viável.

Em casos que seja preciso enviar um e-mail diariamente, isso não quer dizer que todo dia alguém precise parar para escrever o conteúdo. Através de ferramentas de marketing é possível programar os conteúdos para eles serem encaminhados em dias e horários específicos e para pessoas exclusivas.

Cada contato é especial

Quem não gosta de ser tratado de uma maneira especial? De ser chamado pelo nome, receber descontos ou ter preferência. Isso também é uma excelente estratégia para ser aplicada no e-mail marketing.

Então, chamar o contato pelo nome (é possível programar isso com códigos no e-mail), usar uma linguagem mais informal (quando possível) e se relacionar de uma maneira mais íntima é ótimo para se aproximar dele de uma forma mais sútil.

Formatação do conteúdo

Saber o que colocar no corpo de texto é fundamental para o sucesso do e-mail. Parágrafos longos e imagens pesadas podem atrapalhar o carregamento do conteúdo. Atualmente a maior parte dos e-mails são abertos em dispositivos móveis, então antes de enviar algo é preciso pensar na configuração desses aparelhos.

Além do mais, os usuários buscam economizar o pacote de dados da internet móvel, e um e-mail muito carregado pode demorar para abrir e frustrar o usuário. E acredito que essa não seja a intenção de nenhuma empresa.

 

Além dessas dicas citadas acima, há tantas outras que podem ser utilizadas por quem utiliza as estratégias de e-mail marketing. Mas aplicar essas 7 já é um bom caminho para quem deseja alavancar os negócios através das ferramentas digitais.

E aí, amigo, curtiu as dicas? O que acha de começar a implementar o e-mail marketing na sua empresa hoje mesmo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Experimente gratuitamente